Drops Duas Libras

Parece que se busca conforto na condição de coisa. Se eu for objeto, isto é, se eu for natureza, meus males independem da minha vontade. Aliás, o que está em discussão não é tanto o que os causou, mas como resolvê-los: se eu puder solucioná-los com um remédio ou uma cirurgia, não preciso responsabilizar-me, a fundo, por eles. Tratarei a mim mesmo como um objeto. A postura das ciências humanas e da psicanálise é outra, porém. Muito da experiência humana vêm justamente de nos constituirmos como sujeitos. Esse papel é pesado. Por isso, quando entra ele em crise – quando minha liberdade de escolher amorosa ou política ou profissionalmente resulta em sofrimento -, posso aliviar-me procurando uma solução que substitua meu papel de sujeito pelo de objeto.

A cultura ameaçada pela natureza, Renato Janine Ribeiro.

(…) É uma ilusão patética que criamos, para nós e para os outros, doentia ao ponto de eu sentir inveja da cor do meu próprio cabelo nas fotos, da mesma forma como me frustrei vendo fotos da minha mãe na praia enquanto eu estava na aula. Um pesquisador de Stanford concluiu que por mais sorridentes que estejamos em nossas fotos de perfil, o Facebook é a rede social que mais deixa as pessoas tristes, pois o contraste entre o mundo real e o universo paralelo altamente curtível acaba com o ânimo de qualquer um.

Lembrança de Itapuã, via So Contagious

IMG_7908

Criem pelo menos UMA lembrança realmente boa dessa época. Nada mais triste do que ter uma data no calendário destinada a evocar apenas sentimentos ruins. Já basta os inevitáveis, associados à perda de pessoas e bichinhos queridos. Não deixem uma coisa tão desimportante como o Natal se transformar nesse fardo. Ter que comer pelo menos uma fatia do bolo de nozes da tia Ofélia para ela não ficar sem graça já é complicado o bastante.

A vida real não tem roteiro de agência de publicidade premiada.
O Natal não precisa ser assim. War is over if you want it.

foto e texto via hello lolla

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s